Pular para o conteúdo

Rei Pelé, Vida, Carreira e Morte

  • por

Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido como Pelé, é considerado um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos. Ele nasceu em 23 de outubro de 1940 em Três Corações, Minas Gerais, no Brasil. Desde cedo, Pelé mostrou um talento natural para o esporte, e aos 15 anos já estreou pelo Santos FC, clube pelo qual ficaria conhecido mundialmente.

Durante sua carreira, Pelé ganhou três Copas do Mundo com a seleção brasileira, em 1958, 1962 e 1970. Além disso, ele foi três vezes eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA e marcou mais de 1.000 gols em sua carreira profissional. Pelé também foi o primeiro jogador a marcar 100 gols em Copas do Mundo e foi incluído no Hall da Fama do Esporte Internacional em 1999.

Após se aposentar do futebol, Pelé continuou sendo uma figura influente e importante para o esporte e para o país. Ele foi nomeado Embaixador da Boa Vontade da Unesco e também teve sua própria linha de produtos de esporte. Pelé também foi homenageado com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo então presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, em 1994.

Em 21 anos de carreira profissional, foram 1.367 jogos e 1.279 gols por Santos, Seleção Brasileira, Seleção Paulista, Seleção das Forças Armadas e New York Cosmos, para onde se transferiu em junho de 1975. Com a camisa do Peixe, Pelé jogou 1.116 partidas e balançou as redes 1.091 vezes. Pelo Brasil, foram 114 jogos e 91 gols.

Infelizmente, Pelé faleceu em 29 de dezembro de 2022, aos 82 anos de idade faleceu por complicações causadas por um câncer. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein desde 29 de novembro. Seu legado como um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos e sua influência no esporte e na cultura brasileira continuarão a ser lembrados por gerações futuras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.