O programa No Limite é conhecido pelas suas provas, onde os participantes tem que comer pratos muito exótico, muito fora do convencional.

Confinados em uma ilha com pouca comida, como foi nas primeiras edições, pode não ser o pior, as vezes a comida é que é o grande desafio!

E já foi confirmado, as terriveis provas de comida estarão de volta nesta edição de No Limite 2021.

“Simmm, a @endemolshinebr deixou a gente fazer essa prova no @nolimite. Valeu!!! É tudo que a gente quer!!! No Limite raiz!!!”, escreveu o diretor em post no Instagram.

Após uma seguidora comentar: “Uhulll, olho de cabra também”, Boninho confirmou o item inusitado: “Sim”.

Conheça as piores comidas do programa No Limite

Olho de Cabra

Este é sem dúvida o maior ícone do programa. Todos que já assistiram todas as edições do programa vão sem dúvidas se lembrar deste prato.

Os participantes tinham que comer olhos de cabras servidos crus em uma taça.

Elaine Melo, vencedora daquele ano, disse que a textura do alimento, que deveria ser mordido antes de ser engolido, foi um dos sustos principais entre os participantes.

“Foi mais pela aflição de ver os olhos dentro de um vidro do que pelo gosto da comida. Não é ruim, parece tinta de polvo”, lembrou em entrevista.

Olho de cabra
Olho de cabra

Cabeça de galinha, gafanhotos e vermes vivos

Achou que não poderia piorar né?

Uma das disputas mais polêmicas  foi quando os participantes foram desafiados a comer vários tipos de pratos nojentos. Na primeira rodada, cada um deveria comer a pele e crista de duas cabeças de galinha. Já na segunda, para quem venceu a primeira, os participantes poderiam se deliciar com gafanhotos gigantes na calda de quiabo.

Por fim, na última e mais desafiadora rodada, os participantes tiveram que comer vermes vivos, causando ânsia em quem comia – e quem assistia também.

Olho de cabra
Olho de cabra

Cérebro de bode

Na disputa pelo prêmio da primeira temporada, os competidores tiveram que comer cérebro de bode, servido no próprio crânio do animal. Apesar de causar nojo nos participantes e telespectadores, Elaine (a grande vencedora) faz questão de não reclamar do prato. Em entrevista recente, a cabeleireira, revelou que achou gostoso.

Minhocas vivas com macarrão e fígado Cru

Na terceira edição do programa da Globo, que teve estreia em outubro de 2001, o então participante e capitão Rodrigo, comeu minhocas vivas com macarrão e fígado cru

macarrão com minhocas vivas
macarrão com minhocas vivas

E então, qual a sua opinião sobre as piores comidas do programa No Limite? Qual a pior delas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.