Voluntários para a Copa das Confederações – como se inscrever

admin 23 de janeiro de 2013 0


Brasil vai treinar 60 mil voluntários para a Copa das Confederações. Inscrições até 16 de fevereiro

O Brasil já se prepara para a Copa das Confederações, que acontece neste ano, e para a Copa do Mundo de 2014. Prova disso é o treinamento que será dado aos 60 mil voluntários para trabalhar nos dois eventos. Os voluntários recrutados pelo governo irão atuar nas áreas de responsabilidade do país, como na recepção dos turistas, apoio nas cidades-sede e na oferta de informações turísticas em locais de grande circulação de pessoas.

Segundo o Ministério dos Esportes, o governo irá investir R$30 milhões no treinamento de voluntários e na compra dos uniformes. O dinheiro será usado para a compra de 14 mil uniformes, alimentação, seguro e deslocamento dos voluntários. O governo esclareceu também que não cobrirá os custos de viagem do participante até a cidade-sede, somente dentro das cidades.

Os interessados em participar do programa “Brasil Voluntário” devem ter mais de 18 anos e disponibilidade para trabalhar gratuitamente por até 10 horas diárias por 20 dias durante a Copa das Confederações e Copa do Mundo. A inscrição poderão ser realizadas até 16 de fevereiro no site copa2014.gov.br e os selecionados receberão treinamento tanto na internet como em cursos presenciais, preparados por professores da Universidade Nacional de Brasília (UNB).

O Programa Brasil Voluntário

O Programa Brasil Voluntário foi lançado nessa terça-feira e é mais uma das várias ações que visam a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. O projeto acontece paralelamente aos 15 mil voluntários selecionados pela Fifa para trabalhar dentro dos estádios, nos dois eventos, que, inclusive, já estão em fase de treinamento.

“Este programa é fantástico. Estamos trabalhando em conjunto. Os voluntários, todos sabem, é um elemento de sucesso para eventos desse porte. Levamos o projeto à Fifa e eles adoraram. Esse programa complementa o que a gente já está fazendo”, destacou Ricardo Trade, CEO do Comitê Organizador Local da Copa-2014 (COL).




Leave A Response »