Meu Amigo Noveleiro – Avenida Brasil – O segredo do Adauto é…

MeuAmigoNoveleiro 15 de outubro de 2012 1


Bom dia pessoal !

Semana de reta final da novela e vamos adiantando para vocês o que conseguirmos por aí sobre a Novela Avenida Brasil…

O Site O Fuxico, divulgou uma informação onde conta qual é o segredo do Adauto. Meu amigo noveleiro fica o tempo todo procurando informações sobre a novela, pq ele não aguenta ficar esperando o capítulo para saber o que vai acontecer.
Daí ele me contou e estou aqui passando a notícia pra frente!

Olenka pega o Adauto dormindo o dedo na boca, igual uma criançinha e ele fica todo incomodado quando ela comenta sobre isso com ele.

É aí que Olenka decide de uma vez por todas descobrir o que se passou no fatídico dia e curar seu amor. Conversando com moradores do bairro, fica sabendo quem cochichou na orelha de Adauto antes do pênalti: Ceará, que jogava no Olaria e, agora, é comerciante em um mercadão.

Determinada, ela vai até seu encontro e o coloca na parede, perguntando o que foi dito naquela ocasião.

“Chupetinha. Foi isso que eu falei no ouvido dele. Seguinte, eu estudei com o Adauto no colégio interno lá em Andaraí, a gente já tinha o que? Uns quinze anos e ele ainda chupava chupeta. Um dia, os meninos descobriram e começaram a chamar ele de Chupetinha. Eu sabia disso, sabia que ele tinha vergonha e resolvi falar ali, na hora do pênalti, pra desestabilizar”.

Olena volta correndo para a casa e encontra Adauto fazendo faxina. Ela chega perguntando “cadê a chupeta?”, fazendo com que o amado derrube o rodo que segurava.

Então, vem na memória do ex-jogador quando estava no colégio interno e se trancou no banheiro com uma embalagem de bombom que, na verdade, embrulhava sua chupeta. Enquanto ele curte esse momento, meninos entram no local e abrem com tudo a porta da cabine onde está, gritando “chupetinha”. E foram esses gritos que voltaram à sua cabeça, segundos antes de chutar a bola longe e desperdiçar a chance de vencer com o Divino.

A cena seguinte traz Olenka revirando a casa em busca da chupeta que Adauto esconde. E ela a encontra da mesma forma como ele a protegia antes: embrulhada em uma embalagem de chocolate.

Ê lê lê…

E é o próprio ex-jogador que, depois de muito pensar, decide por fim a este costume. Ele joga álcool e põe jogo no objeto, vendo-o queimar aos prantos. Ainda coloca o dedão na boca, mas Olenka o corrige, segurando em sua mão.

Esta semana, meu amigo já está avisado que vai ter que me passar muita informação sobre a novela… Estou esperando ele me falar sobre os possíveis finais em relação à morte do Max, Aguardem…

#MeuAmigoNoveleiro

 




One Comment »

  1. marya eduarda laia soaris 20 de outubro de 2012 às 12:10 - Reply

    a carmi e uma bruxa

Leave A Response »