Guia do Forex para investidores iniciantes

admin 8 de Fevereiro de 2018 0




O famoso e temido mercado Forex (ou mercado internacional de câmbio) foi estabelecido em 1971 e atualmente movimenta grandes quantidades de dinheiro todos os dias, sendo um mercado aberto para operações no intervalo compreendido entre as 22hs de domingo e as 22hs de sexta-feira.

Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar que investir em Forex não é igual a investir no mercado de ações, como muitos iniciantes pensam.

O mercado Forex movimenta diariamente mais de quatro trilhões de dólares! Isto confere grande liquidez ao sistema, permitindo aos investidores a compra e venda de qualquer moeda de forma rápida, desde que observados os horários de operação (domingo a sexta-feira).

O valor movimentado no Forex equivale a aproximadamente 9 vezes o valor diário movimentado em todas as transações realizadas ao redor do mundo através das Bolsas de Valores.

As transações neste mercado ocorrem sempre através de pares de moedas de diferentes países. Sendo assim, uma moeda é trocada pela outra e o investidor precisa “apostar” na valorização ou desvalorização de uma delas perante a outra. Se acertar neste movimento, o investidor é recompensado com o respectivo ganho na valorização / desvalorização das moedas.

O mercado Forex é muito afetado por questões políticas, econômicas e até mesmo especulativas, capazes de causas instabilidades e, portanto, afetar as taxas de câmbio das diversas moedas existentes no mundo.

  • Quais são os riscos no mercado Forex?

Um dos ditados mais populares entre os investidores é:

Existem apenas dois tipos de pessoas que nunca perderam no mercado financeiro: aqueles que não operam e aqueles que mentem.

Portanto, é importante saber que o risco de perda no Forex existe e pode ser devastador. Tudo depende da simples variação cambial das moedas, o que torna o mercado muito instável.

Outro ponto a ser observado é que o mercado não é legalizado e regulamentado no Brasil. Portanto, todas as operações são realizadas de forma totalmente virtual e descentralizadas.

No mercado de ações, por exemplo, a Bovespa é a centralizadora de praticamente todas as operações realizadas no Brasil. Sendo assim, apesar da Bolsa de Valores também ser volátil, possui uma maior segurança.

Como não existe regulação em território brasileiro, não temos nenhuma corretora legalmente autorizada a realizar operações de Forex em nosso país. Desta forma, se você tem a intenção de entrar neste mercado, precisará abrir uma conta em um país estrangeiro e enviar dinheiro lá, obviamente observando as diversas regras para isto.

  • Como ficar rico no mercado Forex?

O principal mecanismo utilizado para os investidores agressivos que desejam obter lucros elevados é a chamada “alavancagem”, ou seja, quando os clientes investem mais dinheiro do que realmente possuem.

Neste mercado é possível o investidor operar com valores até mil vezes maiores do que possuem em conta, ou seja, os ganhos podem ser potencializados de uma forma absurda e muitos se iludem com essa possibilidade de ficar rico.

Entretanto, o risco também é muito elevado, pois você estará “apostando” um dinheiro que não possui e poderá ficar com uma dívida muito grande.

Normalmente, as corretoras oferecem para os investidores iniciantes uma alavancagem de 100, ou seja, se você tiver R$ 100 em sua conta, poderá fazer operações de até R$ 10.000.

Portanto, é através destas alavancagens que o mercado Forex promete deixar ricos os seus investidores. Mas, será que o risco compensa?

Se você se interessou pelo tema e possui a intenção de aprimorar seus conhecimentos, te convidamos a ler um guia rápido de Forex para iniciantes no site “Bons Investimentos”.




Leave A Response »