FIES 2018: vagas, inscrições e tudo sobre ele!

Redação 11 de janeiro de 2018 0


Programa de financiamento FIEs está de volta em 2018 veja como irá funcionar!

O ano de 2017 foi marcado pelos cortes de verbas nos programas educacionais pelo governo Temer. Quem precisa dessas bolsas e programas para estudar, realmente passou por muitos apertos. E no ano de 2018 as coisas parecem que irão melhorar um pouco, já que no final de dezembro, foi aprovado o Novo Fies 2018. Neste artigo vamos falar como funciona e como é possível aproveitar essas vagas e terminar seu curso superior ou técnico.

O que é o FIES?

Indo direto ao assunto, o Fies  é um programa de financiamento estudantil, que ao contrário de programas como EducaMais Brasil e quero bolsa, é uma iniciativa do MEC que financia cursos de ensino superior para estudantes brasileiros, foi reformulado em 2015 depois de crescer de forma exponencial nos últimos anos.
Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o Fies gastou R$ 13,7 bilhões em 2017 mesmo com os cortes no orçamento. Entre fevereiro e agosto do ano passado, o governo federal publicou três medidas provisórias para abrir crédito extraordinário para o Fies, que passou a atender também a alunos de mestrado, doutorado e cursos técnicos.

O Fies financia cursos de ensino superior de estudantes brasileiros em instituições privadas. Os juros cobrados atualmente são de 3,4%, e os estudantes só precisam começar a pagar o valor financiado dois anos após concluírem o curso.

Como irá funcionar o novo FIES 2018

O novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai oferecer 310 mil novas vagas para 2018, sendo 100 mil a juros zero. Essa é a promessa da atualização do programa, que será sancionado nesta quinta-feira (7/12) pelo presidente da República, Michel Temer. A expectativa do Ministério da Educação é de que as mudanças assegurem sustentabilidade a médio e longo prazo.

O novo FIES possui 3 faixas de renda , para que seja mais fácil sua administração.O novo modelo do Fies procura assegurar maior saúde fiscal para o programa. O antigo, ressalta a Educação, vinha provocando aumentos consecutivos na inadimplência, que chegou a 50,1%. Em 2016, o ônus fiscal foi de R$ 32 bilhões, valor 15 vezes superior ao custo registrado em 2011.

Novas regras para participar do FIES

inscricao fies

As novas regras já começam a valer para os financiamentos que serão solicitados a partir do ano de 2018.  Para ficar mais fácil de entender sintetizados abaixo quais são essas mudanças:

  • nota mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);
  • nota na redação do Enem não pode ser zero;
  • Quem já foi beneficiado com financiamento do FIES não poderá solicitar novo;
  • Quem tem curso superior completo não pode solicitar o FIES;
  • Quem é beneficiário de bolsa integral do ProUni não pode participar do FIES;
  • Não pode participar do FIES alunos cuja renda familiar mensal bruta per capita seja superior a 2,5 salários mínimos.

Como fazer a inscrição

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente por meio eletrônico, na página do Sistema de Seleção do Fies Seleção – http://fiesselecao.mec.gov.br/ Depois, nos dois dias úteis subsequentes, elas terão que ser concluídas pelo candidato por meio do Sistema Informatizado do Fies (Sisfies).

Quem não pode participar do Fies?

Não podem participar do Fies alunos que a matrícula estiver em situação de trancamento geral das disciplinas, que já tiver sido beneficiado pelo Fies ou mesmo sejam responsáveis por qualquer tipo de inadimplência juntamente aos programas de Crédito Educativo.

Os candidatos que são beneficiários de bolsa integral do Programa Universidade para Todos – PROUNI, não podem participar do programa, nem mesmo quem tiver bolsas parciais.

Conclusão

Bem pessoal, esperamos que tenham gostado das informações ok?

Sugestões e dúvidas podem deixar nos comentários!




Leave A Response »