Festa de confraternização da empresa: saiba se comportar

admin 14 de novembro de 2012 0


Dezembro já vem aí e, com ele, as comemorações da empresa, muito esperadas pelos funcionários e colaboradores. Além de celebrar a chegada do fim do ano, as festas corporativas servem para estreitar vínculos e, acabam, de certa forma, por criar novas possibilidades de trabalho e relacionamento. Porém, muitas pessoas acabam não entendo o real significado desta festa e acabam por extrapolar nas atitudes, como beber demais ou gerar discussões desnecessárias.

A questão é que você precisa ter em mente que a festa de confraternização da empresa é uma extensão do ambiente de trabalho e, assim como na corporação, você precisa construir e zelar por sua reputação, afinal de contas, você está sendo observada. Então, nada de ficar tão à vontade porque a imagem continua sendo formada no ambiente festivo!

Aliás, o ideal é que você use este ambiente comemorativo para criar vínculos e criar uma aproximação com seu chefe, por exemplo. Como o ambiente é descontraído, esta proximidade não soará como bajulação. Além disso, isto é válido pois é uma chance de se expor e de conhecer o gestor sobre outro prisma. Mas tenha em mente que você não precisa ficar a festa inteira ao lado do chefe, na verdade, o ideal é que você tenha uma aproximação na medida de uma conversa curta.

E lembre-se: a festa de confraternização da empresa não é hora e em local para se falar sobre os problemas do trabalho ou situações do dia a dia. A festa da empresa é um momento de expandir seus relacionamentos, conhecer outras pessoas da empresa e se mostrar a pessoa que você é, além do profissional.

Veja como se comportar e evite problemas:

  •  Se a festa não permite convidados extras, nada de levar o namorado, marido e os filhos. Só leve os membros da sua família se o convite for extensivo a eles
  •  Roupas extravagantes, curtas e decotadas devem ser evitadas
  •  Evite falar de assuntos ligados ao trabalho o tempo todo
  •  Só leve a máquina fotográfica se o encontro for bem informal, como um churrasco ou um almoço. Recepções e jantares pedem mais formalidade, então, nada de fotos
  •  Se alguém der um deslize, nada de fazer disso o assunto do dia seguinte à festa
  •  Evite os excessos nas bebidas alcoólicas
  •  Na hora de cumprimentar o chefe, não é preciso estender a mão. Basta fazer uma saudação com a cabeça e dizer ‘”como vai?”, iniciando talvez uma conversa. Se ele estiver no meio de outros diretores, espere o momento mais oportuno para cumprimentá-lo. Na hora da saída, você só precisa se despedir dele se o evento acontecer na casa dele.
  •  Circule por diversas rodas. Chamar um colega para conversar pode demonstrar receptividade e liderança
  •  Converse com todos da mesma forma, do estagiário ao diretor. O estagiário de hoje pode ser o chefe de amanhã
  •  Evite piadas de mal gosto sobre os colegas
  •  Não faça críticas à empresa ou à festa
  •  Permanecer pouco tempo na festa pode pegar mal. O outro extremo também não é o ideal. Encontre o meio termo.
  •  Se a empresa não divulgar nenhum comunicado, não chegue atrasado ao trabalho no dia seguinte

 

No mais, você precisa ter em mente que evitar estes eventos corporativos não é a solução para se afastar de certas situações. Não ir a festa de confraternização da empresa pode soar como falta de interesse. Isso também é observado! Eventos de trabalho, sejam eles sociais ou não, são obrigatórios e você e sua família devem compreender isto. Até porque, são nas reuniões sociais que as pessoas criam chances de evoluir na carreira.




Leave A Response »