Como é o Réveillon pelo mundo ?

admin 26 de novembro de 2012 0


O Réveillon é uma festa universal. No mundo inteiro ela é celebrada. Afinal de contas, é a celebração que marca o começo de um novo ano, quando, geralmente, se fazem novos projetos e idealizam-se novos sonhos. No Brasil, o Réveillon reúne multidões nas praias mais famosas do país que assistem às belíssimas queimas de fogos. Mas você sabe como o Réveillon é comemorado em outros países? Saiba!

Equador: No Equador, o Réveillon significa deixar as lembranças ruins para trás. Afinal de contas, um novo ano se inicia e é preciso renovar as esperanças, por isso, na noite da virada do ano, os equatorianos se reúnem para queimar fotos que representem as coisas que eles não querem ter mais em suas vidas.

Porto Rico: Em Porto Rico as pessoas se juntam para limpar as casas, jardins e calçadas na véspera do Réveillon. Isso porque, naquele país, a população acredita que o novo ano deve chegar em um ambiente limpo, assim garante a pureza do espírito em todos os 365 dias do ano.

Chile: Os chilenos tem o costume de receber o ano novo no cemitério, ao lado de seus parentes queridos que já se foram. Na cidade Talca, próxima a Santiago, este costume é bem popular. Tanto, que o cemitério da cidade abre às 23h45 para que as pessoas passem a virada do ano no local.

Espanha: Na Espanha, a tradição é que, na noite do Réveillon, cada pessoa coma 12 uvas. Elas representam sorte e prosperidade para o ano que se inicia.

Rússia: O ano novo na Rússia é tão importante que as pessoas têm 10 dias de férias para esperar a data. Na noite do dia 31 de dezembro, as famílias se reúnem em para comer uma farta ceia e, às 23h55, ligam as televisões para assistir ao discurso do presidente. Quando o relógio Kremlin anuncia a contagem regressiva, as pessoas escrevem um desejo em um papel e o prega na taça de champanhe, tomada pontualmente à meia noite.

Bolívia: Na Bolívia, assim como no Brasil, acredita-se que a cor da roupa íntima está ligada a alguns desejos para o novo ano que chega. Desta forma, usa-se vermelho para conquistar um novo amor, amarelo para se ter dinheiro e branco para se conseguir um bom casamento.

Dinamarca: Os dinamarqueses celebram a chegada do novo ano jogando pratos nas portas de seus familiares e amigos. Isso significa o quanto são leais àquelas pessoas. Outro costume local é de esperar a chegada do ano em pé numa cadeira, e pular na hora exata de meia-noite, para espantar os espíritos ruins e trazer boa sorte.

Argentina: Na Argentina é tradicional que se faça um churrasco na noite do Réveillon, reunindo amigos e familiares. Após esta celebração, os jovens costumam se encontrar em algum bar para beber e dançar até o dia seguinte. Segundo a tradição local, aquilo que você faz na noite da virada se repetirá no ano inteiro, assim, nada melhor que festejar muito nesta data. As argentinas também costumam ganhar lingeries cor-de-rosa no Natal e as vestem na noite do Réveillon. Segundo dizem a cor atrai amores e paixões.

Filipinas: O Réveillon dos filipinos é marcado por bolinhas. Segundo a crença daquele país, receber o novo trajando roupas estampadas com bolinhas e comer frutas com formas circulares trará boa sorte e muita prosperidade para todo o ano seguinte

Panamá: No Panamá é tradição se queimar figuras conhecidas como “muñecos”. As figuras representam personalidades nacionais e internacionais e são queimadas como forma de deixar para trás as lembranças antigas e recomeçar uma nova etapa. O costume se assemelha ao do Equador e Colômbia.

 




Leave A Response »