Carnaval 2013 de Diamantina está ameaçado

admin 13 de janeiro de 2013 0


O Carnaval de Diamantina  um dos mais tradicionais e esperados de Minas Gerais está ameaçado devido a uma crise política. Isso porque a cidade tem uma dívida de cerca de R$ 3,5 milhões deixadas pela antiga administração da prefeitura (Padre Gê, do PMDB). O setor hoteleiro, os empresários e o prefeito interino Maurício Maia (PSDB) lutam para que o Carnaval aconteça.

Estimada em R$900 mil, o Carnaval de Diamantina conta com setor de turismo da cidade, empresários, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar para que a festa não deixe de acontecer. Uma reunião de emergência aconteceu na cidade na última sexta-feira com o objetivo de discutir a situação do carnaval. Outra está prevista para esta segunda-feira, quando a secretária de Cultura, Bya Betelli, irá finalmente decidir o destino do Carnaval mais badalado do estado.

Conforme o produtor cultural Ricardo Luiz Santos, que trabalha na prefeitura de Diamantina, a festa de Carnaval irá acontecer, mas não com toda a infraestrutura dos anos anteriores.  Ainda segundo ele, os tradicionais shows da Praça do Mercado, com as bandas Bartucada e Bat-caverna, que não são bancados pela administração municipal, e o Bloco do Biri-Biri estão garantidos.

No ano passado o Carnaval de Diamantina reuniu mais de 40 mil pessoas entre turistas mineiros, brasileiros e de diversas partes do mundo. A festa contou com sete palcos montados em várias partes da cidade, além de uma completa estrutura de alimentação e segurança dos foliões.

Para este ano, estes dois ítens também estão ameaçados. O número de ambulâncias e a quantidade de médicos plantonistas que poderão participar do evento também é outra preocupação dos organizadores.

 

Festa cancelada

Outra cidade que também sofre com problemas políticos é Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas. Porém, ao contrário de Diamantina, a prefeitura da cidade jpa anunciou que neste ano não realizará a tradicional festa de Carnaval. A dívida do município chega a R$3 milhões.




Leave A Response »